Travassô aponta à manutenção para se afirmar no Campeonato Grande Hotel de Luso

O Grupo Desportivo de Travassô quer aproveitar o regresso ao escalão máximo do futsal aveirense para se afirmar na competição, apostando na “prata da casa”, com o treinador Jorge Marques no comando da formação de Águeda. O objetivo é alcançar a manutenção no Campeonato Grande Hotel de Luso, aproveitando a experiência acumulada por um plantel que mantém a sua base dos últimos quatro anos.

Segundo Jorge Marques, o Travassô pretende manter a política de aproveitar os seus jovens para reforçar o plantel sénior, à imagem do que tem feito nas épocas anteriores. “Queremos dar continuidade a esse trabalho, para daqui a dois ou três anos termos ainda mais atletas da casa. Temos jogadores experientes que vieram dos juniores, e foram eles que ajudaram o clube a subir de divisão. Portanto, o método resulta”, afirma.

Para o treinador do Travassô, o objetivo passa por assegurar a permanência e consolidar o clube no Campeonato Grande Hotel de Luso. “Não vale a pena estarmos a pensar em subir de divisão. Fundamentalmente, queremos apostar na formação. Essa é a nossa prioridade. Esta época, vão entrar no plantel quatro jogadores da formação, e três ainda são Sub-20”, sublinha.

Para a nova temporada, o Travassô assegurou a continuidade no plantel de Diogo Matos, David, Brites, Diogo Jesus, Irineu, Fred, Jota, Mário Pires, Ricardo Quintas, Ricardo Souto, Ruben Oliveira, Rui Génio e Vasco Santos, contando com as entradas de João Pedro, Gabriel Gama e Miguel, todos provenientes da equipa de juniores.

6 de Setembro de 2018
Vítor Hugo Carmo
[email protected]
Notícias Relacionadas
Categorias
Tags
Twitter
Facebook
Notícias Mais Lidas