Nelson Pinto virou goleador no futsal e é uma das figuras do Maceda na 2.ª Divisão Distrital

Nelson Pinto nunca foi um goleador-nato. No futebol, a sua tarefa era, sobretudo, assistir, não tanto marcar, mas quando chegou ao futsal, na época passada, fixou-se como pivot e não demorou a mostrar dotes de matador. Na estreia na 2.ª Divisão Distrital, é um dos artilheiros do campeonato, o que o torna num dos rostos principais da excelente campanha do Maceda na prova, uma equipa que, na temporada passada, disputava a Liga Census.

A tabela classificativa é elucidativa. Depois de concluída a 5.ª jornada, o conjunto do concelho de Ovar lidera o campeonato, a par da ACR Vale de Cambra, um feito que impressiona sobretudo se tivermos em conta que o clube, na época transata, disputava uma competição fora da esfera da AFA. “Nunca foi nosso objetivo chegarmos ao primeiro lugar fosse em que jornada fosse. Temos feito o nosso melhor em cada jogo, as coisas estão a acontecer e temos sido felizes”, explica Nelson Pinto, que pega nos exemplos de Maceda, Arsenal de Canelas e Arada para defender que “a Liga Census é um campeonato muito interessante”, ainda que “a exigência e intensidade dos jogos” seja maior na 2.ª Divisão Distrital.

Isso não o tem impedido de brilhar neste início de época, como os sete golos apontados até aqui o demonstram. “Nunca fui um goleador-nato. Saí do futebol no ano passado. Lá, o meu trabalho era assistir, não marcar. Agora jogo a pivot e os golos têm aparecido”, explica, ele que vê no espírito de família que se vive no seio da equipa uma das explicações para o bom arranque de temporada.

“Temos um grupo muito forte, de amigos. É uma autêntica família”, que ajuda a enfrentar e superar os problemas do dia a dia que vão surgindo. “Este é o nosso escape da vida profissional. É ótimo quando sais do trabalho, por muito stressado ou cansado que estejas, vais treinar e ficas satisfeito no final. Temos feito jogos excelentes e as expetativas estão a ser superadas”, remata Nelson Pinto.

São João de Ver vence pela primeira vez
No último fim de semana, o Maceda recuperou de duas desvantagens diante do Clube de Albergaria, acabando por vencer por 10-2. Nelson Pinto completou um ‘hat-trick’, enquanto Ângelo Henriques e Daniel Dbouk bisaram.

O conjunto de Ovar segue na liderança da tabela classificativa, a par da ACR Vale de Cambra, que venceu em Gião por 5-4. Paulo Bastos e Marcelo Rodrigues bisaram pelos valecambrenses, tal como Tiago Gomes pelos gionenses.

A dois pontos de distância seguem cinco equipas, entre as quais o Arsenal de Canelas, que viu Francisco Fernandes bisar no triunfo por 5-2 diante do Ossela B. Por seu turno, o Lusitânia de Lourosa bateu o Casal por 6-4, num jogo em que Vitinha festejou por duas vezes, feito igualado pelo paivense Fábio Pereira.

O CRECUS, que arrancou a jornada na liderança da tabela, empatou 2-2 com o Atlético do Luso, enquanto o Lamas Futsal somou um ponto na visita a Arada (1-1).

Com Postiga e Filipe Oliveira em destaque, ao bisarem, o Branca Activa derrotou o Angeja, que viu Luís completar um ‘bis’, por 5-4. Por fim, realce para a primeira vitória do São João de Ver no campeonato, alcançada no pavilhão do Always Young, por 4-3. Michael Pinto, com três golos apontados, foi a figura do encontro.

6 de Novembro de 2019
Rui Santos
[email protected]
Notícias Relacionadas
Jogadores
Equipas
Categorias
Tags
Twitter
Facebook
Notícias Mais Lidas