"Hat-trick" em ritmo acelerado fez José Leite sobressair na equipa B do Lourosa

Sempre em alta rotação, a equipa B do Lusitânia de Lourosa alcançou, no último fim de semana, uma vitória expressiva na casa do Real Nogueirense (4-1), em jogo a contar para a 18.ª jornada da zona norte da 2.ª Divisão Distrital. José Leite, que completou um ‘hat-trick’ na primeira parte, fez a diferença pela velocidade e, sobretudo, pela eficácia, ele que acredita que os golos apontados na equipa secundária poderão abrir-lhe as portas a novas oportunidades na equipa principal lusitanista. “Estou a trabalhar para isso”, garante.

Os cinco minutos iniciais do encontro foram eletrizantes, com o Lourosa B, muito dinâmico e com muita velocidade no setor ofensivo, a não demorar a mostrar ao que ia, no Estádio Minas do Pintor, em Nogueira do Cravo. O ator principal deste enredo foi José Leite, jovem extremo, de 20 anos, que bisou nos primeiros instantes do jogo e completou o ‘hat-trick’ em cima do intervalo.

“A estratégia da equipa passa por entrar forte em qualquer jogo”, explica o avançado, até porque “o objetivo do Lourosa passa por ganhar todos os jogos”. O meio para o conseguir tem assentado num “ataque muito forte e veloz”, que é o terceiro mais concretizador fora de portas da zona norte, apenas atrás do Lobão e da Florgrade FC.

Esse estilo de jogo privilegia as qualidades de um atacante muito rápido e com faro pelo golo. Na época passada, marcou por oito vezes pelo Avanca, no Campeonato SABSEG, registo que o ajudou a dar o salto para o Lusitânia de Lourosa, do Campeonato de Portugal. O avançado já participou em cinco jogos da equipa principal, sempre a partir do banco, e sempre que é chamado à equipa B procura corresponder.

“Sempre que vou lá, o mister tentar passar a mensagem que qualquer jogador pode chegar à equipa principal, se mostrar trabalhar e dedicação”, explica José Leite, que já leva cinco golos apontados na 2.ª Divisão Distrital. “Sinto que o trabalho que estou a fazer está à vista de todos. Estes golos na equipa B estão a ser observados pela equipa principal e acredito que vou ter a minha oportunidade”, diz, ele que não tem dúvidas de que “mais vale estar na equipa B do que estar parado”.

Zona norte tem um novo líder
Para além do ‘hat-trick’ de José Leite, Fellipe Luzia também fez o gosto ao pé na vitória do Lusitânia de Lourosa B diante do Real Nogueirense, que reduziu por intermédio de Xavi.

No topo da zona norte surge, agora, a AD Nogueira da Regedoura, que derrotou o Caldas de São Jorge (1-0) e aproveitou o empate da até aqui líder, Florgrade FC, diante do Lobão (1-1). Na perseguição a este trio continua o Válega, que venceu em Tarei por 3-0.

Mosteirô FC e Milheiroense triunfaram pela margem mínima nos duelos com o Santiais e o São Martinho, respetivamente, enquanto o Vila Viçosa levou de vencida o Sanguedo, por 4-3. Bruno Fonseca e Ruben Valente bisaram pelos arouquenses. Por fim, os jogos Romariz-Macieira de Cambra e Relâmpago Nogueirense-Fermedo terminaram empatados a dois golos.

Na zona sul, o líder, Valonguense, deu a volta ao Vaguense graças ao ‘bis’ de Adriano Silva, vencendo por 2-1. A segunda posição é partilhada por Mealhada e Bustos, que venceram de forma folgada. Os primeiros derrotaram a JuveForce por 3-0, enquanto o Bustos bateu o Sosense por 5-0, num jogo em que Tiago Reis marcou por duas vezes.

Um golo de Zé Miguel, bem perto do fim, permitiu ao Aguinense derrotar o Rocas do Vouga (1-0), enquanto o Vila Nova de Monsarros ganhou na casa do Paredes do Bairro por 3-2. Pelos mesmos números, o Bom-Sucesso levou de vencida o Mamarrosa, enquanto o Famalicão triunfou em Beira-Vouga por 3-1, com Kaio Cezar a bisar.

Brian e Ruben Matos responderam ao tento inicial de Nuno Pimenta na reviravolta do Santo André frente ao Carqueijo (2-1), numa ronda em que Águas Boas e Ribeira da Azenha empataram a uma bola.

Fotografia
Direitos Reservados

11 de Fevereiro de 2020
Rui Santos
[email protected]
Notícias Relacionadas
Jogadores
Equipas
Categorias
Tags
Twitter
Facebook
Notícias Mais Lidas