Harmonia no Branca Activa SC faz sobressair pontaria de Luís Miguel

Luís Miguel leva cinco golos apontados na atual edição da 2.ª Divisão Distrital, quatro deles neste mês de fevereiro, ajudando o Branca Activa SC a aproximar-se dos lugares cimeiros da tabela classificativa. O ala define-se como “um jogador de equipa”, e é com ela que reparte os louros pelo bom momento pessoal. “Se vamos chegar, ou não, aos três lugares cimeiros? Só o futuro o dirá”, complementa.

Há dois anos, Luís Miguel gozava a ‘reforma’ do futsal. Para trás tinha ficado uma carreira passada por Oliveira de Azeméis, sobretudo em Ossela, a sua terra natal, onde disputou, durante largos anos, os campeonatos nacionais.

Os afazeres pessoais obrigaram-no a deixar a modalidade em 2016, mas aquele não seria um adeus definitivo. Dois anos depois, em conversa com um amigo, que é diretor do Branca Activa SC, acabou convencido a regressar às quadras. “É um clube que estava a fazer por crescer. O projeto agradou-me e decidi ir ajudá-los”.

De lá para cá, Luís Miguel tem sido uma peça importante na equipa orientada por José Marques. Esta época, participou em 16 das 18 jornadas entretanto realizadas e já leva cinco golos apontados, quatro deles em fevereiro. “Neste mês, a equipa tem jogado de forma mais coesa e eu acabo por beneficiar dessa harmonia. O mérito é da equipa. Eu apenas estou a aparecer no sítio certo para encostar”, explica.

Os dois últimos foram importantes para o triunfo, por 4-3, no pavilhão do Arada AC. O encontro teve um início promissor, com cinco golos nos primeiros 12 minutos, período durante o qual Luís Miguel bisou. No entanto, o vencedor apenas se encontrou bem perto do fim.

“Acabámos por ser felizes na parte final. Um minuto antes do golo da vitória, houve um livre de 10 metros que o nosso guarda-redes defendeu. Depois, noutro livre de 10 metros, o nosso capitão marcou e deu-nos a vitória”, conta o atleta.

Com mais três pontos acumulados, o Branca Activa SC prossegue a aproximação aos lugares cimeiros da tabela classificativa. No início da época, “toda a equipa traçou objetivos mais elaborados”, admite o jogador, mas “os resultados não correspondiam e, moralmente, o grupo foi um bocado abaixo”, situação que acabou revertida com o esforço de todos. “Os resultados estão, finalmente, a aparecer. Vamos fazer por continuar a subir na classificação”, promete o ala.

Líder foi travado pelo CRECUS
Para lá do ‘bis’ de Luís Miguel, Marco Leandro e João Fonseca também marcaram no triunfo do Branca Activa SC, que viu o Arada AC reduzir por Bruno Magalhães, Jorge Gomes e João Barros.

No topo da 2.ª Divisão Distrital continua, isolada, a ACR Vale de Cambra, que foi travada, em casa, pelo CRECUS (3-3). O conjunto de São João de Loure chegou a estar a ganhar por duas unidades, marcaram Natanael Martins e Ruben Almeida, mas os valecambrenses empataram ainda antes do intervalo, por Nuno Costa e Paulo Bastos. No segundo tempo, Frederico Silva voltou a dar vantagem aos forasteiros, que viram Padeiro repor a igualdade perto do fim.

No jogo que abriu a 18.ª jornada, o Lusitânia de Lourosa derrotou o CCR Maceda, por 7-5. Salvaterra e Vítor Batista completaram um ‘hat-trick’ pelos lusitanistas, tendo Alexandre Silva bisado pelos visitantes.

Num dos jogos mais emotivos da ronda, o AC Luso derrotou o Lamas Futsal, por 6-5. Wallace Lima e China marcaram por três vezes pelas respetivas equipas, mas seria Filipe Duarte, que bisou pelos ‘canarinhos’, a resolver o encontro, no último minuto.

Com Ruben Silva em destaque, ao bisar, o Clube de Albergaria derrotou o Always Young (5-1), enquanto a ACD Gião venceu no reduto da AD Casal, por 10-7. Num jogo com várias reviravoltas, os locais venciam por 4-2 aos 22 minutos, mas os visitantes deram a volta em apenas 5 minutos. Os instantes finais foram de parada e resposta, com os gionenses a conseguirem segurar o triunfo. David Reis completou um ‘hat-trick’ pelo conjunto de Castelo de Paiva, tal como Sousa e Tiago Gomes pela ACD Gião.

A 18.ª jornada da 2.ª Divisão Distrital viu dois jogos serem adiados. O SC São João de Ver recebe a AD Arsenal de Canelas a 6 de março (20 horas), enquanto a AJ Angeja visita o pavilhão do GCR Ossela B a 10 de abril (18 horas).

Fotografia
Branca Activa Sport Clube

25 de Fevereiro de 2020
Rui Santos
[email protected]
Notícias Relacionadas
Jogadores
Equipas
Categorias
Tags
Twitter
Facebook
Notícias Mais Lidas