Cimeira de líderes promete espetáculo
Igualados no topo, S. João de Ver e Beira-Mar defrontam-se, no domingo, no jogo cabeça de cartaz da jornada 8 do Campeonato Safina, na qual os dez primeiros classificados se defrontam entre si. Os termómetros prometem romper a escala, numa verdadeira demonstração de força do Distrital de Aveiro.

S. João de Ver será o palco de uma autêntica cimeira de líderes. O desafio é encarado com expetativa pelos artistas, ansiosos por mostrar o seu valor. Os capitães, porta-vozes do respetivo plantel, não têm dúvidas: o jogo será uma excelente propaganda à competição, que vive dias de grande fulgor, desportivo e mediático.

A jogar em casa, Cardoso, capitão dos sanjoanenses, espera "voltar às vitórias, que é o mais importante", após o empate em Carregosa, na última ronda. O médio perspetiva um "jogo difícil para ambas as equipas, pois as duas estão no topo da tabela", mas promete "lutar pela vitória até ao final e mostrar aos adeptos que temos uma boa equipa". "O nosso grande objetivo é, jogo a jogo, tentarmos somar os três pontos", completa.

Sobre o adversário, trata-se de "
uma equipa muito difícil, com bons jogadores". "O Beira-Mar tem nome. De certeza que pretende subir de divisão, mas o S. João de Ver também tem uma boa equipa e também quer ganhar", sublinha.

Do outro lado estará uma equipa que terá "
que correr mais do que o adversário, porque a qualidade por si só não chega" num campeonato como o Safina, refere Pedro Moreira, que vê o Beira-Mar a "encarar o jogo com muito respeito pelo adversário".

O lateral direito acredita que os auri-negros têm "tudo para fazer um bom jogo e sair de lá com uma vitória", mesmo que pela frente encontre uma equipa que "a
inda não perdeu, jogará em casa e terá os adeptos a apoiar". "Esperamos muitas dificuldades, mas compete-nos trabalhar para não colocarmos em causa um bom resultado para nós, que é a vitória", remata.

Boa propaganda à competição
Se, no domingo, Cardoso e Pedro Moreira vão estar em polos opostos, cada um a defender a sua dama, numa coisa os capitães estão de acordo. "É
 de esperar que as duas equipas proporcionem um bom espetáculo. Cada uma quer ganhar, mas a qualidade está garantida", refere o defesa auri-negro, que considera que o duelo será "uma boa maneira de se fazer propaganda ao Campeonato Safina".

Cardoso concorda, e é mais expansivo na análise ao Distrital: "
O futebol de Aveiro está a ser muito reconhecido. Temos muito boas equipas".

Jornada de altas voltagens
O embate entre dois dos lideres do campeonato seria, por si só, razão para considerar a oitava jornada como importante, mas há mais duelos intensos em cartaz.

O Esmoriz, que segue igualado com S. João de Ver e Beira-Mar no topo da tabela classificativa, visita o Lusitânia de Lourosa, atual sexto classificado. Já o U. Lamas, quarto colocado, a apenas um ponto da liderança, recebe o sétimo da tabela, o Carregosense. Para completar o ramalhete, Sp. Espinho e Sp. Paivense, oitavo e nono classificados, defrontam-se no Comendador Manuel Violas, e o Alba (5.º) visita o Avanca (10.º).

Mais abaixo na classificação, os aflitos Romariz e Milheiroense defrontam-se num dérbi que se prevê disputado. O Mealhada-Fiães, o Bustelo-Cucujães e o Alvarenga-Oliveira do Bairro completam o quadro de jogos, que têm início agendado para as 15 horas do próximo domingo.
28 de Outubro de 2016
Rui Santos
[email protected]
Notícias Relacionadas
Jogadores
Categorias
Tags
Twitter
Facebook
Notícias Mais Lidas