Capitão goleador sobressai no "ano zero" do Maceda na 2.ª Divisão Distrital

Na sua época de estreia na 2.ª Divisão Distrital, o Maceda tem sentido algumas dificuldades em acompanhar o ritmo dos adversários, mais tarimbados neste tipo de competições, mas vem revelando um goleador que, desde miúdo, nunca escondeu ser apaixonado pela bola. Ângelo Henriques é o capitão de uma equipa que vive “o ano zero” nos distritais e está na corrida pelo prémio de artilheiro da prova.

Desde muito cedo que ficou claro que a vida de Ângelo seria passada com uma bola nos pés. Com apenas 5 anos, decidiu fugir do infantário apenas para obrigar os pais a inscreverem-no num clube. Foi assim que chegou ao Válega, tendo, no ano seguinte, seguido para a Ovarense, onde completou a formação.

“Comecei como extremo esquerdo, mas acabei a defesa esquerdo”, posição onde fez carreira no Cortegaça, no Estarreja e no Valecambrense, equipa que ajudou a subir às competições nacionais, em 2011. “Nesse ano, acabei o meu mestrado em Ciências de Informação e fui trabalhar para Lisboa. Decidi deixar o futebol, porque não tinha tempo para treinar”, recorda.

Longe dos relvados, o ‘bichinho’ do futsal, que foi alimentando nos torneios de verão, foi mexendo consigo, ao ponto de o levar a juntar-se a uma equipa. Os últimos anos foram passados na Liga Census, pelo Maceda, equipa com a qual decidiu aventurar-se na 2.ª Divisão Distrital de Aveiro.

Num campeonato “com equipas muito boas”, o clube do concelho de Ovar tem sentido algumas dificuldades em se afirmar. “Treinamos apenas duas vezes por semana, enquanto a maioria dos nossos adversários treinam três ou quatro vezes. Isso faz toda a diferença. Depois, a maioria das outras equipas têm uma base de futsal. A maior parte dos seus jogadores têm formação na modalidade, enquanto que, no Maceda, apenas dois ou três a têm. Os restantes vieram do futebol, tal como eu”, explica Ângelo Henriques.

Isso ajuda a explicar os mais de dois meses em que a equipa não conseguiu vencer no campeonato, série que foi interrompida no último fim de semana, com o triunfo por 5-0 diante do Always Young. “Deveria ser sempre assim mas, às vezes, as coisas não correm como queremos”, atira o capitão, que é um dos melhores marcadores da prova, a par de Salvaterra (Lusitânia de Lourosa) e António Ruela (Arsenal de Canelas).

“Sempre fui um bom goleador no futsal. Já na Liga Census era um dos melhores marcadores. É algo de normal em mim”, admite, sem preconceitos, ainda que, para si, o coletivo se sobrepõe sempre ao individual. “(Ser o melhor marcador) Não é uma prioridade, mas se puder sê-lo irei lutar por isso. Como capitão e um dos mais velhos da equipa, o objetivo principal passa por passar princípios e a alegria de jogar futsal aos mais novos. O mais importante é que a equipa se sinta feliz, independentemente da vitória ou da derrota”, afiança.

Arsenal de Canelas volta a escorregar
Na liderança da 2.ª Divisão, a ACR Vale de Cambra vem aumentando, nas últimas jornadas, a vantagem para o segundo lugar. Na 15.ª jornada, venceu o Angeja por 5-0, com Paulo Bastos a bisar, e viu o Arsenal de Canelas escorregar em Castelo de Paiva, diante do Casal (2-2). Jorge Pinto adiantou o conjunto de Estarreja, Samuel Rocha e Nuno deram a volta, mas o pivot dos forasteiros haveria de bisar perto do fim.

O deslize foi aproveitado por Lamas Futsal e Lusitânia de Lourosa, que venceram e se aproximaram da vice-liderança. Os lamacenses ganharam ao Clube de Albergaria por 4-3, num jogo em que Ruben Silva e Vendeira bisaram por cada uma das equipas, enquanto os lusitanistas deram a volta ao CRECUS, recuperando de uma desvantagem de dois golos e vencendo por 4-2.

A subir de forma continua o Arada, que triunfou em São João de Ver por 4-3, pese embora o ‘bis’ do sanjoanense Michael Pinto. Igualmente a viver um bom momento, o Branca Activa triunfou em Gião por 5-3, com Filipe Oliveira a bisar, enquanto o Atlético do Luso levou de vencida o Ossela B por 4-2. Israel Ferreira apontou os dois golos dos oliveirenses.

Fotografia
Samuel Martins

28 de Janeiro de 2020
Rui Santos
[email protected]
Notícias Relacionadas
Jogadores
Equipas
Categorias
Tags
Twitter
Facebook
Notícias Mais Lidas