Barcouço ascende à terceira posição do Campeonato Grande Hotel de Luso

Com a dupla da frente a não dar tréguas, o grande destaque da 12.ª jornada do Campeonato Grande Hotel de Luso vai para o Barcouço, que venceu o Atlético do Luso e subiu à terceira posição, por troca com o Azagães, derrotado pelo líder, Bairros.

No confronto entre o primeiro e o terceiro classificado da prova, prevaleceu a eficácia do Bairros, que venceu, em casa, o Azagães, por 7-1. Os oliveirenses até foram os primeiros a marcar, por Lhô, mas os locais deram a volta ainda antes do intervalo, por Sá Pinto e Fábio. Na etapa complementar, Pechelim, Hélder, Rafa, Derlei e o guardião Guilherme completaram o resultado.

Na perseguição ao líder continua a Juventude de Fiães, que derrotou o Travassô por 8-2. Preto, Mica e Mesquita bisaram, tendo Macieira e Carlos igualmente marcado pelos fianenses. Vasco e Marcelo reduziram pelos forasteiros.

No dérbi de Ílhavo, o Gafanha derrotou o Beira-Ria, por 4-2. Vanino adiantou o conjunto orientado por André Graça, mas os visitantes deram a volta num curto espaço de tempo, por Melo e Fera. O resultado manteve-se até aos últimos minutos, altura em que Hélder, Ricardinho e Ricky operaram a reviravolta.

Na casa do “lanterna vermelha”, o Barcouço venceu o Atlético do Luso por 8-2, num jogo em que Yvaaldo Gomes e Richard completaram um “hat-trick”. Franklin Lemos e Valada completaram a lista de marcadores dos azuis, tendo Kika e Bruno Fernandes reduzido pelo conjunto da casa, nos instantes finais.

Em Arrifana, os anfitriões bateram, pela margem mínima, a Casa do Povo de Esgueira (2-1). Rui adiantou os forasteiros perto do intervalo, tendo Luís e Miguel operando a “remontada” no reatamento.

Na fuga aos últimos lugares, PARC e ARCA empataram a quatro bolas. Os de Pindelo chegaram ao intervalo na frente, graças aos remates certeiros de Ruben Assunção e Caseiro, que bisou, mas a ARCA, que conseguiu reduzir antes do intervalo, deu a volta na segunda parte, graças aos “bis” de Sérgio e David Mota. Os locais conseguiram reagir e repuseram a igualdade, por intermédio de Renato Pereira.

Por seu turno, ADREP e Atómicos empataram a zero, numa tarde atribulada. O piso escorregadio do pavilhão da Palhaça obrigou à mudança do jogo para Oliveira do Bairro, o qual terminou sem golos.

21 de Janeiro de 2019
Notícias Relacionadas
Categorias
Tags
Twitter
Facebook
Notícias Mais Lidas