AA Avanca e CCR Válega com parceria inédita para potenciar jovens valores

A AA Avanca e o CCR Válega estabeleceram um protocolo, válido até ao final da presente época, com o objetivo de permitir aos jovens provenientes da formação do clube do concelho de Estarreja, que disputa o Campeonato SABSEG, a possibilidade de treinarem e jogarem na equipa sénior do emblema sediado em Ovar, que milita na 1.ª Divisão Distrital.

Segundo Paulo Dias, presidente da AA Avanca, a parceria serve “também para reforçar o trabalho de um clube vizinho, numa cooperação que será analisada no final da época”. “O objetivo é que quando os nossos atletas saírem dos juniores possam treinar e jogar no Válega, mediante a avaliação dos seus treinadores”, explica, acrescentando que esta “é uma forma de manter os jogadores próximos do Avanca”.

“Na maior parte dos casos, foi onde fizeram toda a formação, e é importante que quando completam esse ciclo possam conhecer a realidade de um contexto competitivo como o da 1.ª Divisão Distrital, que lhes dará mais experiência para poderem regressar ao clube com mais maturidade competitiva”, refere o dirigente.

O CCR Válega, que para além do futebol de 7 tem apenas no ativo o escalão de juvenis no futebol de formação, vê com bons olhos o protocolo de colaboração com o clube vizinho. Paulo Matos, presidente do emblema do concelho de Ovar, considera que a parceria “terá sempre de dar prioridade aos interesses dos treinadores, sendo que os jogadores vão ter de lutar por um lugar na equipa principal do Válega”.

“O Avanca tem muitos atletas na formação e é compreensível que não consiga colocar imediatamente todos os jogadores na equipa principal. É aí que o Válega tem um papel importante, porque pode dar a esses jovens a oportunidade de evoluírem nos seniores. Haverá um acompanhamento por parte do Avanca aos jogadores que para aqui virão, que permitirá avaliar a possibilidade de eles regressarem ao clube de origem para jogarem na equipa principal”, explica Paulo Matos.

O dirigente do CCR Válega considera ainda que o protocolo “é vantajoso para ambos os clubes, porque os jogadores podem crescer a nível competitivo na 1.ª Divisão Distrital”. “Esse acumular de experiência pode preparar os atletas para, mais tarde, estarem à altura de outros patamares”, conclui.

Fotografia
CCR Válega

14 de Abril de 2021
Grande Hotel Luso Natal
Instagram AFA
Notícias Relacionadas
Equipas
Categorias
Tags
Twitter
Facebook
Notícias Mais Lidas